“ENQUANTO HÁ FÔLEGO, HÁ VIDA” – A HISTÓRIA DE CLÁUDIA NOBRE

Por Estevan Gonçalves

Ao entrar em uma faculdade, a maioria das pessoas carrega consigo os sonhos de uma vida inteira, histórias únicas e inspiradoras, além da vontade de aprender e se tornar um grande profissional no futuro. Já Cláudia Nobre, estudante do primeiro semestre de Rádio, TV e Internet, possui todos esses elementos e mais um pouco. Aos 46 anos, a mais nova caloura da FPAC está iniciando uma nova jornada e, sem sombra de dúvidas, a mais importante de sua vida. “Para você realizar um sonho, não pode deixar que a idade e a situação financeira influam porque você não morreu ainda. Enquanto há fôlego, há vida!”, declara orgulhosamente. 

Moradora de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, Cláudia quase teve seu destino selado pelo pai. “O sonho dele era que nós filhas fossemos dentistas ou médicas, mas só para deixá-lo um pouco mais feliz, acabei fazendo técnico de enfermagem”, conta. Mesmo atuando na área da saúde até os dias atuais, Cláudia sempre nutriu o sonho de brilhar por outros caminhos, chegando até a cursar teatro, mas a vida acabou adiando seus planos. “Fiz teatro básico em São Caetano e pensei: ‘Quem sabe não viro uma estrela aos 33 anos?’ Mas nesse sonho de virar uma atriz, veio o meu primeiro filho e aí a gente abre mão de tudo para cuidar e ficar mais perto da criança. Foi o que aconteceu! Parei o curso de teatro para ficar com meu filho”

Uma nova fase como influencer

O ano de 2015 com certeza foi um divisor de águas na vida de Cláudia. Sem esperanças de retomar a vida no teatro, acabou engravidando novamente e passou por problemas de saúde ao desenvolver trombofilia durante a gestação. Acabou criando um perfil no Instagram para contar da luta contra a doença e ouvir outras mães que passavam pela mesma situação. Além disso, Cláudia ganhou peso por causa da gravidez e foi a partir disso que tudo mudou. “Comecei a ir atrás de feiras de moda plus size e lá conheci a Flávia Durante (jornalista e empresária), que foi responsável por eu virar uma ‘pequena’ blogueira nesse ramo. Foi aí que comecei a divulgar e meu Instagram foi crescendo”, diz Cláudia, que se tornou influenciadora digital e hoje conta com 10,5 mil seguidores.

Além da moda plus size, a vida após os 40 anos também é um assunto recorrente em seu perfil. “Fui mãe biológica aos 41 anos e isso foi um divisor de águas. Eu renasci e comecei a me amar! E para isso tudo acontecer, precisei chegar aos quarenta, cheia de altos e baixos, não-aceitação e críticas para pensar: ‘Olha o que eu sou! Sou muito importante! Sou muito bonita!’ Então é isso que trabalho com minhas seguidoras”.

A realização de um sonho e a volta às salas de aula

A escolha pelo curso de RTVI não foi por acaso. Cláudia sempre se identificou com um perfil mais comunicativo e graças ao engajamento como influencer no Instagram, acabou se tornando apresentadora de TV no canal NGT, onde comanda o programa de entrevistas Mais Nobre. No entanto, sentiu que era o momento de buscar soluções para qualificar seu trabalho. “Você percebe que apenas fala e não tem um conteúdo de uma formação. Eu falei: ‘Gente, eu preciso estudar e me qualificar, pois nunca é tarde para isso’”, afirma.

Com o apoio incondicional do pai (o mesmo que sonhava com a filha médica ou dentista), Cláudia decidiu seguir seus instintos e se render ao universo da comunicação social. Após uma breve busca por instituições de ensino, enxergou na FPAC o caminho para finalmente realizar os seus sonhos. “Quando eu conheci, vi aquela área de rádio, aquele estúdio de TV, todo o material que a faculdade fornece e pensei: ‘É essa mesmo!’ Nem acreditei que com 46 anos estaria prestando vestibular. Foi tudo muito bacana e a equipe me recebeu muito bem.”

Focada em aproveitar cada minuto em aula, Cláudia projeta seu futuro e a importância que o curso de RTVI terá em sua vida a partir do próximo semestre letivo. “Eu tenho um programa de televisão e não é porque tenho que vou fazer de qualquer jeito. Eu preciso estudar, ter conteúdo. Então preciso de ajuda. Posso pegar e ler algo aqui em casa, mas não é a mesma coisa que ser orientada por bons profissionais e sei que na FPAC isso não falta.”

Vantagens de ser aluno da FPAC

O estudante que decidir se matricular na Faculdade Paulista de Comunicação entrará para uma das melhores instituições da área de comunicação da cidade de São Paulo. Além da ótima localização (Av. Paulista, 2200, em frente ao metrô Consolação), da estrutura completa para aulas práticas e atividades extracurriculares e dos professores qualificados, a faculdade também conta com outros elementos que fazem o aluno se sentir acolhido e preparado para o mercado de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.