fbpx

FPAC - 

RELATÓRIO - DIMENSÃO 1


INDICADOR 1 - Políticas institucionais no âmbito do curso

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

pressupondo-se práticas exitosas ou inovadoras para a sua revisão.

Resumo

A Gestão Institucional interrelaciona os colegiados (CPA, NDE, Colegiado de Curso, Comitê Multidisciplinar, feedbacks externos) promovendo a identificação de melhorias impulsionando a inovação na gestão do curso. As atividades práticas planejadas para o curso reforçam a Política de Responsabilidade Social fortalecendo os atendimentos a comunidade na região da Paulista, principal Centro Comercial do Brasil e América Latina. 


Evidências


PPC - páginas 27 e 28 (item Integração com o campo de atuação do curso); Páginas 34 a 37 e 83 a 84 (item Programas de Extensão); Páginas  23 a 25 (item objetivos do curso, Política de Extensão).

Critério para 4

e claramente voltadas para a promoção de oportunidades de aprendizagem alinhadas ao perfil do egresso.

Resumo

Apoio constante ao egresso, observando as Diretrizes Curriculares na formação de competências também requeridas pelo mercado de trabalho. As ações de extensão como foco no desenvolvimento de Projetos e Ações expressam a oportunidade para o desenvolvimento da habilidades previstas nas competências do perfil do egresso, previstas tanto no PDI e no PPC.

Evidências

PPC - páginas  (item Objetivos do curso) páginas 23 a 25.

Critério para 3

As políticas institucionais de ensino, extensão e pesquisa (quando for o caso), constantes no PDI, estão previstas no âmbito do curso.

Resumo

As políticas de ensino, extensão e pesqusia, atreladas às exigências do mercado de trabalho, estão claras no PPC e alinhadas ao PDI; também estão em sintonia com o mundo 4.0 e fundadas na observação dos Direitos Humanos e da sustentabilidade. Política de Pesquisa desenvolvida, com linhas de pesquisa estabelecidas abrangendo Educação Ambiental, Diversidade, Tecnologias, Educação e Saúde alinhando a produção do conhecimento associada a responsabilidade social. 

Evidências

PDI - página 89 (políticas de ensino); páginas 93 a 96 (Pesquisa e Extensão) / PPC: políticas de ensino (graduação e pós-graduação) páginas 30 e 31; Iniciação Científica - páginas 33 e 34; Extensão páginas 34 a 37 . Regulamentos próprios de Pesquisa, Extensão.

INDICADOR 2 - Objetivos do curso  

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e novas práticas emergentes no campo do conhecimento relacionado ao curso.

Resumo

Os objetivos do curso, alinhados ao seu processo de desenvolvimento com ações sociais, ações de Extensão além do forte contexto tecnológico fundamentam novas práticas emergentes previstas no curso.

Evidências

PPC - páginas 34 a 37 ( item Política de Extensão); páginas 78 a 82 (item Atividades articuladas ao ensino).

Critério para 4

e características locais e regionais.

Resumo

Contextualização da IES em seus aspectos geográficos, sociais, econômicos e políticos, apoiada pela excelente localização (Av. Paulista) de oferta de curso.

Evidências

PPC - páginas 14 a 21 (Item Contexto e Inserção Regional da IES)

Critério para 3

Os objetivos do curso estão previstos no PPC, considerando o perfil profissional do egresso, a estrutura curricular e o contexto educacional.

Resumo

Os objetivos do curso foram estabelecidos levando em consideração os seguintes critérios: 1) Diretrizes Nacionais específicas do curso; 2) Levantamento das condições socioeconômicas da região em que o curso será ofertado; 3) As exigências voltadas as habilidades e competências requeridas pela sociedade e mercado de trabalho, conforme debatido em NDE e Colegiados, e presente no PPC, incluindo a organização dos componentes curriculares.

Evidências

PPC - páginas (Item Objetivo do Curso) páginas 23 a 25.

INDICADOR 3 - Perfil profissional do egresso

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

havendo planejamento para sua ampliação em função de novas demandas apresentadas pelo mundo do trabalho.

Resumo

A implantação das práticas profissionais orientam o planejamento e direcionamento do Plano de Ação do Núcleo Docente Estruturante.

Evidências

Plano de Ação do NDE; Regulamento do NDE. 

Critério para 4

e as articula com necessidades locais e regionais.

Resumo

O PPC está adequado às necessidades locais e regionais, e às nacionais: "as necessidades do aluno e as demandas de setores do mercado, no contexto geral do país, em estágio avançado de inserção à economia global."

Evidências

PPC - páginas (item  Desenvolvimento do Processo de Ensino-Aprendizagem entre Teoria e Prática – Projetos Integradores) páginas 41 e 42 e 69 a 72.

Critério para 3

O perfil profissional do egresso está previsto no PPC, está de acordo com as DCN (quando houver) e expressa as competências a serem desenvolvidas pelo discente.

Resumo

O perfil do egresso está de acordo com as Diretrizes Curriculares (atende às Diretrizes do Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia, à página 38, e também da Resolução 1/2021 CNE/CP.), observando as Diretrizes que abrangem a Multdisciplinaridade ( Educação Ambiental, das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-raciais e Cultura Afro-brasileira e Africana, além das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação para os Direitos Humanos). 

Evidências

PPC - páginas 42 a 67  (Conteúdos Curriculares);  e Requisitos normativos e legais) página 23.

INDICADOR 4 - Estrutura curricular 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e apresenta elementos comprovadamente inovadores.

Resumo

Os projetos integradores se configuram como propostas inovadoras, tanto por possibilitar metodologias ativas, quanto por criar espaços para desenvolvimento de competências e habilidades dos estudantes, no exercício de projetos inovadores.

Os alunos, por meio das práticas profissionais que preveem ao desenvolvimento de competências, vivenciam soluções e demandas do cotidiano. Os espaços físicos, localizados em grande ponto de referência na Av Paulista inspira a prática ptofissional inovadora.

Evidências

PPC Páginas 41 e 42 e 69 a 72.(Item - Desenvolvimento do Processo de Ensino-Aprendizagem entre Teoria e Prática – Projetos Integradores)

Critério para 4

e explicita claramente a articulação entre os componentes curriculares no percurso de formação.

Resumo

Os componentes curriculares estão alinhados ao objetivo do curso e são a base de formação do perfil do egresso, desenvolvendo habilidades e competências previstas nas Diretrizes e pensadas pelo Colegiado do Curso (Coordenação, NDE e Docentes).

Evidência

PPC Páginas 42 a 64 ( Estrutura e Ementas).

Critério para 3

A estrutura curricular, prevista no PPC, considera a flexibilidade, a interdisciplinaridade, a acessibilidade metodológica, a compatibilidade da carga horária total (em horas-relógio) e evidencia a articulação da teoria com a prática, a oferta da disciplina de LIBRAS e mecanismos de familiarização com a modalidade a distância (quando for o caso).

Resumo

A Estrutura Curricular prevista para o curso de Comunicação Institucional privilegia a formação por competências e suas respectivas habilidades para o Egresso deste curso. Ao estruturar a concepção curricular, favoreceu-se a flexibilidade e a interdisciplinaridade e a acessibilidade metodológica, investindo em projetos práticos, com intuito de aplicar a teoria, alinhados com a identidade e com a missão institucional da FPAC, assim como fomentam a inovação, a produção do conhecimento e a participação nas atividades e nos compromissos da comunidade acadêmica, diferencial para nossas estratégias de aprendizagem. A Faculdade Paulista de Comunicação observou, ainda, a necessidade e a preocupação com a compatibilidade da carga horária total (em horas-relógio). A Componente Curricular ofertada de Libras atende ao Decreto n.º 5.626 de 22 de dezembro de 2005, que regulamentou a Lei n. º10.436, de 24 de abril de 2002. O Curso prevê nivelamento discente e docente na modalidade a distância.

Evidências

PPC Páginas 39 e 40 (item Estrutura Curricular); Página (item - Requisitos Normativos e Legais) páginas 23.

INDICADOR 5 - Conteúdos curriculares

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e induzem o contato com conhecimento recente e inovador.

Resumo

As práticas profissionais trazem um conhecimento recente e inovador

Evidências

PPC página 23(Requisitos Legais).

Critério para 4

e diferenciam o curso dentro da área profissional.

Resumo

Os conteúdos com foco em tecnologia são um diferencial na estrutura curricular aproximando o egresso discurso contemporâneo com o mercado de trabalho. As práticas profissionais trazem um conhecimento recente e inovador.

Evidência

PPC página 23(Requisitos Legais).

Critério para 3

Os conteúdos curriculares, previstos no PPC, possibilitam o efetivo desenvolvimento do perfil profissional do egresso, considerando a atualização da área, a adequação das cargas horárias (em horas-relógio), a adequação da bibliografia, a acessibilidade metodológica, a abordagem de conteúdos pertinentes às políticas de educação ambiental, de educação em direitos humanos e de educação das relações étnico-raciais e o ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena.

Resumo

Os conteúdos de relações étnico-raciais e de ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena são disponibilizados na disciplina Educação e Relações Étnicos Raciais: Matrizes Afro e Indígenas no quarto semestre. A política de Educação ambiental se institucionaliza nas práticas e na disciplina Ética, moral e valores humanos, oferecida no segundo semestre. O atendimento especializado na instituição (NAAP/NAP) proporcionará aos estudantes com autismo oportunidades de conviver com os demais discentes possibilitando o estímulo às suas capacidades interativas, impedindo o isolamento contínuo. A temática Direitos Humanos é trabalhada de forma transversal e interdisciplinar em eventos, discussões e abordagens diversas realizadas no decorrer do curso, como na prórpia disciplina acima.

Evidências

PPC página 23(Requisitos Legais).

INDICADOR 6 - Metodologia 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e é claramente inovadora e embasada em recursos que proporcionem aprendizagens diferenciadas dentro da área.

Resumo

Além das metodologias e dos Projetos Integradores, o Projeto do Curso prevê uma série de atividades que procuram articular o ensino à prática, tais como as Práticas Profissionais.

Evidências

PPC páginas 42 a 64.

Critério para 4

e se coaduna com práticas pedagógicas que estimulem a ação discente em uma relação teoria-prática.

Resumo

Os Projetos Integradores têm, como um de seus pilares, a proposta de promover práticas pedagógicas que aproximem teoria e prática, visando o desenvolvimento de competências e habilidades essenciais para o profissional contemporâneo.

Evidências

Regulamento do Projeto Integrador, Regulamento de Pesquisa, Regulamento de Extensão.

Critério para 3

A metodologia, prevista no PPC (e de acordo com as DCN, quando houver), atende ao desenvolvimento de conteúdos, às estratégias de aprendizagem, ao contínuo acompanhamento das atividades, à acessibilidade metodológica e à autonomia do discente.

Resumo

Propostas de metodologias diversificadas, ativas, com e seu uso de tecnologias, visando o amplo desempenho das competências e habilidades necessárias para o exercício profissional e da cidadania.

Evidências

PPC - páginas 68 a 72  (Metodologia).

INDICADOR 7 - Estágio curricular supervisionado

NÃO SE APLICA

INDICADOR 8 - Estágio curricular supervisionado – relação com a rede de escolas da Educação Básica 

Não se aplica

INDICADOR 9 - Estágio curricular supervisionado – relação teoria e prática 

NÃO SE APLICA

INDICADOR 10 - Atividades complementares 

NÃO SE APLICA

INDICADOR 11 - Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

NÃO SE APLICA

INDICADOR 12 - Apoio ao discente

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

 e ações inovadoras

Resumo

A FPAC tem um cuidado especial com apoio ao discente. Além das iniciativas anteriores, oferece também um conjunto de ações de apoio ao discente como o Núcleo de Orientação Psicopedagógica e a Clínica de Apoio Psicopedagógico, com programa de atendimento ao discente. O Programa de Nivelamento é um forte aliado ao desenvolvimento de competências voltadas a questão social, tecnológica e com temáticas específicas. Além disso, há apoio financeiro com oferecimento e bolsas para situações verificadas pela IES. 

Evidências

Regulamento do NAAP/NAP. Programa de Nivelamento.

Critério para 4

e participação em centros acadêmicos ou intercâmbios nacionais e internacionais.

Resumo

Participação em Organização Estudantil - Atlética

Evidência

PPC - página 93 ( item - Organização Estudantil).

Critério para 3

A previsão de apoio ao discente contempla ações de acolhimento e permanência, acessibilidade metodológica e instrumental, monitoria, nivelamento, intermediação e acompanhamento de estágios não obrigatórios remunerados, e apoio psicopedagógico.

Resumo

As políticas de atendimento aos discentes na FPAC constituem em um desdobramento da missão institucional, com políticas de atendimento aos alunos, de modo a estimular a permanência discente. 

Evidências

PPC - páginas 87 a 94 (item - Apoio ao Discente).

INDICADOR 13 - Gestão do curso e os processos de avaliação interna e externa 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e delineamento de processo auto avaliativo periódico do curso.

Resumo

O delineamento do processo autoavaliativo periódico do curso tem o apoio dos serviços do NAP/NAAP, Comitês, Plano de Nivelamento, Feira Científica, ações que integradas cumprem a missão institucional e promovem fortes indicadores no processo de autoavaliação.   A participação ativa da CPA no processo de sensibilização e como referência nas ações de melhoria da Instituição se confirma por meio das agendas de acolhimento semestral com capacitação sobre o conceito e ações adotadas pela CPA orientando alunos e nas reuniões colegiadas de curso fornecendo dados específicos para direcionamento da gestão do curso.

Evidências

Atas da CPA; Relatório Parcial da CPA.

Critério para 4

com previsão da apropriação dos resultados pela comunidade acadêmica.

Resumo

Os resutlados da CPA são discutidos com a Direção Geral, as ações são implantadas e divulgadas nas midias para conhecimento de toda comunidade acadêmica. São realizados posts nas redes evidenciando as ações adotadas.

Evidências

Atas da CPA; Relatório Parcial da CPA; Plano de Ação do Coordenador do Curso; Plano de Ação do NDE.

Critério para 3

A gestão do curso é planejada considerando a autoavaliação institucional e o resultado das avaliações externas como insumo para aprimoramento contínuo do planejamento do curso.

Resumo

A gestão do curso é planejada e monitorada por meio dos colegiados (núcleo docente estruturante, comitê multidisciplinar, Plano de Ação do Coordenador, Comissão Própria de Avaliação, colegiado de curso). O PPC prevê a atualização do curso a partir das avaliações externas e a autoavaliação. A gestão dos indicadores abrange aspectos pedagógicos, de infraestrutura, práticas previstas no curso e extensão (feira científica, palestras, eventos).

Evidências

Regulamento da Comissão Própria de Avaliação.

INDICADOR 14 - Atividades de tutoria 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

embasando ações corretivas e de aperfeiçoamento para o planejamento de atividades futuras.

Resumo

A definição dos Planos de Ação (do curso elaborado pelo coordenador, do NDE com as respectivas atas, da CPA com o monitoramento periódico, do comitê multidisciplinar) subsidiam de modo excelente as atividades futuras norteando a Instituição e o curso.

Evidências

Plano de Ação da CPA, Plano de Ação do Curso, Plano de Ação do NDE.

Critério para 4

com planejamento de avaliação periódica por estudantes e equipe pedagógica do curso.

Resumo

O processo avaliativo contempla análise específica dos tutores além das disciplinas EAD também preverem avaliação pontual ao término das disciplinas.

Evidências

Relatório Parcial da CPA

Critério para 3

As atividades de tutoria previstas contemplam o atendimento às demandas didático-pedagógicas da estrutura curricular, considerando a mediação pedagógica junto aos discentes, inclusive em momentos presenciais, o domínio do conteúdo, de recursos e dos materiais didáticos e o acompanhamento dos discentes no processo formativo.

Resumo

A IES tem um corpo de tutores com atribuições definidas no PDI e no PPC, estruturadas no Plano de Gestão do EAD. Todos os tutores são professores formados na área de atuação. Os tutores organizam a trilha de aprendizagem dos alunos, criam as situações problema que disparam o processo de aprendizagem e acompanham o processo formativo dos alunos. 

São suas responsabilidades, reportando ao coordenador do EaD, buscar os alunos que estão sem acesso ou/e estão com notas abaixo na média. 

Evidências

Plano de Gestão do EAD, Relatório Parcial da CPA

INDICADOR 15 - Conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias às atividades de tutoria 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e apoio institucional para adoção de práticas criativas e inovadoras para a permanência e êxito dos discentes.

Resumo

Núcleo de Educação a distância (NEAD) está subordinado à direção acadêmica. Como tal, há liberdade aos tutores e coordenador de sugerir programas e ações que possam ampliar a permanecia e êxito dos discentes.

Evidências

PPC. páginas , Pasta da CPA

Critério para 4

com planejamento de avaliações periódicas para identificar necessidade de capacitação dos tutores.

Resumo

O processo avaliativo contempla análise específica dos tutores além das disciplinas EAD também preverem avaliação pontual ao término das disciplinas.

Evidências

Plano de Gestão do EAD

Critério para 3

Os conhecimentos, habilidades e atitudes da equipe de tutoria foram previstos adequadamente para que as atividades e ações estejam alinhadas ao PPC, às demandas comunicacionais e às tecnologias previstas para o curso.

Resumo

A IES tem um corpo de tutores com atribuições definidas no PDI e no PPC, estruturadas em documento próprio também.

Evidências

Plano de Gestão do EAD, PPC páginas

INDICADOR 16 - Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no processo ensino-aprendizagem

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e propiciam experiências diferenciadas de aprendizagem baseadas em seu uso.

Resumo

Todo e qualquer conteúdo de aprendizagem é tratado de modo a mobilizar os conhecimentos prévios, diante de um desafio, os quais chamamos Situação Problema. Tais situação colocam os alunos diante de problemas reais de sua profissão, com a finalidade de levarem a refletir e mobilizar o desejo de pesquisa para resolver o problema que, por ora, está a sua frente. Tempo posterior, o aluno será instrumentalizado a responder a situação problema, como os conhecimentos aprendidos na unidade de aprendizagem.

 Além disso, o material didático articula texto, imagem, infográfico, vídeo. A diversificação garante que consigamos atingir todas as formas de aprender.

Evidências

PPC página 35; Plano de Gestão do EAD; Pasta da CPA

Critério para 4

e asseguram o acesso a materiais ou recursos didáticos a qualquer hora e lugar.

Resumo

O material (textos, exercícios, vídeos) é ofertado 24 horas e 7 dias na semana A plataforma está configurada para a melhor experiência, seja em mobile, Tablet ou Desktop.

Evidências

Plano de Gestão do EAD.

Critério para 3

As tecnologias de informação e comunicação planejadas para o processo de ensino-aprendizagem possibilitam a execução do projeto pedagógico do curso e viabilizam a acessibilidade digital e comunicacional e a interatividade entre docentes, discentes e tutores (estes últimos, quando for o caso).

Resumo

Controle de produção e distribuição de material didático (Sagah) com uso das TICS, em conjunto com metodologias ativas. Estão inclusas as tecnologias assistivas nas plataformas e na biblioteca, inclusive com o oferecimento de laboratório de informática. Uso da plataforma MOODLE.

Evidências

PPC páginas 32 e 33.

INDICADOR 17 - Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

de modo que seus resultados sejam efetivamente utilizados em ações de melhoria contínua.

Resumo

As ações de melhoria são constantes e estão comprovadas na pesquisa ampla e profunda que foi realizada em 2020 durante a pandemia e comprovada no Plano de Ação da CPA e no Relatório Parcial da CPA.

Evidências

Relatório Parcial da CPA; Plano de Gestão do EAD; Plano de Ação da CPA

Critério para 4

e previsão de avaliações periódicas devidamente documentadas.

Resumo

Cada unidade de aprendizagem é avaliada pelo aluno. A comprovação está no Ambiente Virtual de Aprendizagem. Além delas, os alunos são chamados a avaliar sua experiência de aprendizagem. Exemplo destas avaliações pode ser encontrado no arquivo Feedback_Dê o seu feedback! (U.A.01)

Somada a voz dos alunos, os colegiados e NDE discutem, junto a Equipe multidisciplinar, a eficiência e efetividade do Designer Institucional do AVA.

Evidências

Plano de Gestão do EAD

Critério para 3

O Ambiente Virtual de Aprendizagem, previsto no PPC, apresenta materiais, recursos e tecnologias apropriadas, que possibilitam desenvolver a cooperação entre tutores, discentes e docentes, a reflexão sobre o conteúdo das disciplinas e a acessibilidade metodológica, instrumental e comunicacional.

Resumo

O Moodle, plataforma usada para mediação do ensino aprendizagem é conhecido mundialmente pela flexibilidade de possibilidade de interação entre os agentes do processo educacional. Acessibilidade metodológica, instrumental e comunicacional são alcançadas pelas possibilidades ofertadas nativamente na ferramenta. Além disso, para completar, o AVA da IES tem plugins, como Vlibra e outros, que permitem, àqueles com algum impedimento momentâneo ou permanente, continuar em seus estudos de modo autônomo. O bloco de acessibilidade está habilitado para todos.

Evidências

PPC Página 75.

INDICADOR 18 - Material didático 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

com recursos inovadores.

Resumo

Neste ano, foi habilitado um recurso muito importante no Grupo A: a possibilidade de edição das Unidade de Aprendizagem. Com isso, o material desenvolvido pelo Sagah é o elemento mínimo. Os professores e tutores podem adaptá-los, adequá-los, criar e inovar. Ao lado disso, as ações de engajamento com gamificação permitem que a relação com o material didático e as atividades tenha um novo significado ao aluno.  

Evidências

Plano de Gestão do EAD; Projeto Pedagógico Institucional;  PPC página 77.

Critério para 4

e prevê linguagem inclusiva e acessível.

Resumo

As disciplinas preveem linguagem inclusiva e acessível.

Evidências

Plano de Gestão do EAD

Critério para 3

O material didático descrito no PPC, a ser disponibilizado aos discentes, teve previsão de elaboração ou validação por equipe multidisciplinar (no caso de EAD) ou equivalente (no caso presencial), e possibilita desenvolver a formação definida no projeto pedagógico, considerando sua abrangência, aprofundamento e coerência teórica, sua acessibilidade metodológica e instrumental e a adequação da bibliografia às exigências da formação.

Resumo

O material didático é produzido pelo Grupo A. Sua experiência na produção e organização didática do conhecimento é conhecida e respeitada. A montagem das disciplinas, com sua organização a partir das unidades de aprendizagem, foram pensadas a partir do perfil do egresso previsto no PPC, pelos professores do curso. Com isso, garantiu-se a adequação da bibliografia às exigências da formação.

Evidências

Pasta do Comitê Multidisciplinar; PPC página 77.

INDICADOR  19 - Procedimentos de acompanhamento e de avaliação dos processos de ensino-aprendizagem 

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

sendo planejadas ações concretas para a melhoria da aprendizagem em função das avaliações realizadas.

Resumo

O processo avaliativo contempla desafio profissional, avaliação formativa acompanhando tendências do ENADE, realização de práticas orientadas que caracterizam uma prática exitosa alinhada às necessidades de desenvolvimento proposta no PDI , PPI e PPC para formação do egresso.

Evidências

Projeto Pedagógico Institucional; PPC páginas 85 e 86 ; Pasta da CPA 

Critério para 4

com mecanismos que garantam sua natureza formativa.

Resumo

O formato da avaliação é processual e somativa e não se configurando tomadas de situação pontuais. O processo avaliativo está previsto no PPI, alinhado ao PPC do curso. 

Evidências

Pasta da CPA; PPC página 85 e 86.

Critério para 3

Os procedimentos de acompanhamento e de avaliação, previstos para os processos de ensino-aprendizagem, atendem à concepção do curso definida no PPC, possibilitando o desenvolvimento e a autonomia do discente de forma contínua e efetiva, e implicam informações sistematizadas e disponibilizadas aos estudantes.

Resumo

O PPC apresenta um sistema de avaliação do curso de forma sistematizada e detalhadas. 

Evidências

Pasta da CPA; PPC página 85 e 86.

INDICADOR  20 - Número de vagas

CONCEITO 5
CONCEITO 4
CONCEITO 3

Critério para 5

e em pesquisas com a comunidade acadêmica, que comprovam sua adequação à dimensão do corpo docente (e tutorial, na modalidade a distância) e às condições de infraestrutura física e tecnológica para o ensino e a pesquisa (esta última, quando for o caso).

Resumo

A escolha pela região da Avenida Paulista é o grande diferencial do curso presencial de Comunicação Institucional,  proporcionando as condições ideais para o discente exercer e desenvolver a prática em ambiente atualizado, palco das principais mudanças políticas e econômicas, e, ainda,  possibilitando fácil acesso a todos os recursos previstos no curso. O curso inspira inovação e acessibilidade pedagógica e de infra-estrutura. As instalações práticas de comunicação (labs de publicidade, ambiente geek) são um diferencial para o perfil do egresso possibilitando que este realmente se subsidie com os melhores recursos e condições promovidos pel estrutura física e tecnológica. 

Evidências

Estudo do quantitativo e qualitativo do número de vagas. Projeto Pedagógico do Curso página 28; Estrutura Física PPC. páginas 111 a 120.

Critério para 4

O número de vagas para o curso está fundamentado em estudos periódicos, quantitativos e qualitativos, que comprovam sua adequação à dimensão do corpo docente (e tutorial, na modalidade a distância) e às condições de infraestrutura física e tecnológica para o ensino e a pesquisa (esta última, quando for o caso).

Resumo

A localização da oferta do curso atende de modo privilegiado a região de abrangência por ser o maior centro comercial do Brasil, a Avenida Paulista,  aproximando o ensino das práticas aplicadas tanto com relação às atividades de extensão e pesquisa.

Evidências

PPC. páginas 22 e 23.

Critério para 3

O número de vagas para o curso está fundamentado em estudos quantitativos e qualitativos, que comprovam sua adequação à dimensão do corpo docente (e tutorial, na modalidade a distância) e às condições de infraestrutura física e tecnológica para o ensino e a pesquisa (esta última, quando for o caso).

Resumo

O número de vagas está fundamentado em estudos quantitativos e qualitativos, que comprovam sua adequação à dimensão do corpo docente presencial e também para as disciplinas à distância (com coordenação de ensino a distância específica), possibilitando o uso de infraestrutura física e tecnológica para o ensino  e a pesquisa.

Evidências

Estudo do quantitativo e qualitativo do número de vagas. Projeto Pedagógico do Curso página 28.